Uma cozinheira que adora cozinhar o que é gostoso e, uma educadora sexual que acredita no poder de diversão da sexualidade.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Cozinhar... e fazer sexo com amor

São Paulo é um lugar muito rico em entretenimento. Mas, no fim-de-semana, depois da jornada dura de trabalho, transito e outras encrencas mais... o que eu gosto, mesmo, é de receber em minha casa e de assistir as novelas e os filmes que gravei durante a semana.   Adoro aqueles do tipo drama ou romance, como “ O sabor de uma paixão”, que assisti esta semana. É uma história simples de uma garota,  Abby (Brittany Murphy), que viaja para Tóquio para reencontrar o namorado, mas é abandonada por ele. Perdida e sozinha, ela percebe que um restaurante, na sua esquina, serve um Lámen especial, mágico, capaz de mexer com os sentimentos das pessoas. Desesperada para reconquistar o namorado, ela se convence que seu destino é se tornar uma chefe de cozinha especializada nesta sopa, cujo segredo está em cozinhar com amor.

Parece simples, mas não é! Cozinhar com amor, não é a mesma coisa que cozinhar para o meu amor. A senhorinha japonesa, mãe do dono deste restaurante, ao experimentar o Lámen da Abby, faz um comentário que pode ajudar aos iniciantes da cozinha, e também aos veteranos, a entender porque uma mesma receita, muitas vezes, não sai igual quando feita por outra pessoa. Ela diz para a Abby:
“...Você domina a técnica com perfeição, mas às vezes técnica demais pode atrapalhar. Não se deve cozinhar com a cabeça, a cabeça está cheia de barulhos (pensamentos, preocupações, cobranças... ), você precisa aprender a cozinhar a partir de um lugar mais tranqüilo aí dentro de você. A comida que serve aos seus clientes, se torna parte deles. Ela contém o seu espírito. É por isso que o seu Lámen tem que ser uma expressão de amor puro, um presente do seu coração...”

O Lámen, eu ainda não aprendi a fazer, o mais próximo que cheguei dele foi fazendo miojo para meus filhos na hora do aperto ... rsrsrs... nada a ver com o verdadeiro Lámen.  Mas vou postar uma receita, que feita com amor, deixa feliz qualquer pessoa... É uma das minhas receitas prediletas – Mouse de Salsão com Salada de Camarão e Uvas  que aprendi com as minhas mentoras na cozinha: Mylene e Melu. Parece uma dupla... rsrsrsrs... mas não é:
 A Mylene é de São Paulo, minha amiga de longa data e dona de Buffet que me ensinou a mouse de salsão. Na receita original, a mouse é acompanhada por um molho rose. Mas o tempo passou, o meu repertório aumentou e eu inseri a salada de Camarão com uvas  para compor este prato. Esta receita é de Melu, que mora em Maceió, minha prima do peito que adora dar uma de minha mãe, controlando os meus passos, mas também me ensinado muito a receber os amigos. Aliás, ela é um dos grandes exemplos que tenho em como se receber com amor. A dedicação vai desde os quitutes que irá servir, a arrumação da casa, dos pratos, das bebidas, e pasmem... até a seleção das músicas, de acordo com o gosto musical dos convidados!!!! É claro que ninguém quer ir embora; quando vão, não veem a hora de voltar... se sentem amados, prestigiados.

Como nas relações, no sexo as pessoas também precisam sentir que são desejadas.  Por isso, faço minhas, as palavras da senhorinha japonesa. A técnica, por si só, de nada adianta, se quando tocar seu parceiro(a), não o fizer com gosto – entregar-se por inteiro as carícias. Pois, como a Isabel Allende fala: o verdadeiro afrodisíaco é o amor. Não, necessariamente, o amor romântico, mas a dedicação expressa no vigor, na energia dos afagos. A famosa pegada! É assim que cada carinho se torna uma parte sua, no outro, capaz de provocar reações mágicas de torpor e êxtase...

Pegue e se apegue ao que faz!!!


Um comentário:

  1. Finalmente! Mas o que é tempero meu segredo????

    ResponderExcluir